segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Maratona do Recife 2011- "Maratona do Sapato Social"

Frase do dia:
Quero dizer agora o oposto do que eu disse antes
Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante
Do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo...
(Raul Seixas)

Promessa feita, dívida paga, nova experiência e mais um desafio completado.
Como dizia meu ídolo e filósofo Raul Seixas: "A arte de ser louco é jamais cometer a loucura de ser um sujeito normal".
Eu talvez seja uma mistura de louco, inventador, ou para muitos estar querendo aparecer. Como me perguntou uma pessoa muito íntima: por que tu não vai com um abacaxi na cabeça???
Podem achar o que quiser...
Só sei mesmo é que gosto de desafios loucos.
Tenho tesão em me testar até onde eu suporto numa corrida, pois corrida longa tem é que doer mesmo...
A corrida me permite o conhecimento e funcionamento do meu corpo.
Tenho alegria em provocar os amigos e "brigar" a cada metro e até onde eu aguentar.
Todas as pessoas que estão ali ao seu lado tem uma história de vida reescrita cada vez que completa mais uma maratona.
Gosto de sentir minhas pernas me levarem no "automático".
Como diz a minha amiga Ju Job: maconha estragada só tem fama, bom mesmo é sentir a endorfina no corpo!!!!
É bobagem explicar para um leigo a corrida longa pelo aspecto racional. É puramente uma prova emocional

O certo é que cumpri minha 29 maratona oficial em quase 4 anos de corrida.
Completei também com êxito meu desafio pessoal de correr 3 maratonas consecutivas (Rio de Janeiro 17/07, Brasília 24/07 e Recife 31/07) , com 3 tipos de calçado diferentes (Rio- sapatilha vibram five fingers, Brasilia- tênis e Recife-sapato social).
E escolhi o sapato social pra correr em Recife por estar na minha cidade e junto dos meus amigos corredores, pois em outro lugar teria vergonha em tamanha presepada.

Quando me perguntam a razão para tanta loucura eu enumerei algumas explicações:
1- Provar que o que vale não é um tênis caro, com amortecimento, e sim um bom condicionamento físico.
2- Dar certeza a frase célebre de quando você quer, você pode.
3- Estimular os jovens a correrem 42 kms com felicidade na cara.
4-Provar aos de meia idade como eu que é só ter força de vontade e perserverança para sair do sedentarismo.
5-Ferrar as indústrias de tênis
6-Mostrar que dá pra beber antes da maratona, correr de sapato social e comemorar comendo bode com muiiiita cerveja depois de conquistar mais uma medalha.
7- A mais importante.
Acabar de vez a disputa com Almir Misera e Jacqueline. Desculpa, mas não tem mais graça ganhar de vocês...rsrsrsrs

E o fim de semana começou com a comemoração do meu aniversário de 43 anos, com o Japa bebendo 1 chopp em minha homenagem e Paulo Sampaio se resguardando pra corrida...



Escolha do sapato que iria fazer história, ou me detonar


Na entrega dos Kits


Hora das apostas com Almir, Jacque e Paulo Sobral.Será que fui o 1º dessa turma???

A noite fui com Chris e o amigo Nilson (Uberlândia) para o jantar de massas promovido pelo pessoal do desafio das maratonas Brasileiras.
O sucesso do jantar foi a filiação de mais 3 Baleias Pernambucanas(Mônica, Mariana-irmãs e Vanessa)

Esse tal Miguel Delgado é "phoda"com ph de pharmácia!!!
Tá comendo pelas beiradas e daqui a pouco vai conquistar o mundo todo das corridas.
Eu fui proibido pelo Presidente Lula de ver o pôr do sol e de comer  jerimum.rsrsrsrs

Miguel e Wu orgulhosos por mais Baleias Pernambucanas


Desafio das Maratonas Brasileiras


Quando o japa Hideaki me falou da previsão do tempo pro domingo, dia da maratona, fiz pouco caso e disse que aqui 'numtemdissonão". Aqui chove pouquinho...
Fiz o check list tradicional com roupa, máquina fotográfica, GPS, chip no sapato social e dormi tranquilo e sonhei com uma prova sensacional...
No sonho o tempo estava frio, sem sol e chuva e eu ganhava de Almir, Jacque e os Paulos(Sobral e Sampaio). Acordei com o barulho da chuva e disse: "agora fudeu"!!!

"Precauçãopato"
Pensei em abortar o desafio de correr com o sapato e deixar pra outra vez.
Levei por garantia um tênis e no carro com Chris e Marinês me falando pra não correr assim, decidi ser teimoso mais uma vez e fui pra "luta". Ou é calça(do) de veludo ou bunda(pé) de fora...


Agora não tinha mais volta!!!

Vejam a palhaçada


Minha nêga olhando desconfiada

Gilmar caprichou, o figurino é que não ajudava. Flávio Maia riu antes e perdeu depois.rsrsrs 

Irmãos corredores
O evento
Largada
Com um atraso de uns 30 minutos em razões das chuvas e com uma euforia e um medinho de dar errado a "loucura", minha estratégia seria correr sem preocupação com tempo, mas ligado nos Paulos, Jacque e Almir.
Acompanhei a "lenda"Lula, Paulo Sobral, Cesinha e Alemão os primeiros 21 kms e fechamos com 1:52 minutos.
Ainda tive tempo de provocar algumas pessoas que faziam a meia maratona e afirmar que ganharia delas. Gustavo, André, Mariana,Vanessa,Graça Araújo, Joelma, vamos treinar mais...
Perderam todos!!!

Se não fosse a chuva e o peso das meias(coloquei 2 pra proteger dos calos e bolhas futuras), eu nem me lembrava que estava correndo "diferente"...
Se você pensar que eu tô mentindo, veja a foto de Gilmar:
Puro êxtase

Perdi o contato logo depois dos 25 kms de Lula e agora a corrida era com a cabeça e pensando no cabeção Almir...
Paulo Sobral lá na frente e agora passa Paulo Sampaio dando tchauzinho. Ferrou, vou perder pra todos???
Se até a meia eu era só elogios com o sapato, a partir do km 30 comecei a sentir um "esquentamento" forte nos pés. No pouco lugar de "respiro" do sapato saia espuma e eu imaginava que ia necrosar tudo...
Mas o peso de uns 2 kgs em cada pé era o que me fazia perder o ritmo.
No ponto de retorno em Olinda, fiz as contas e vi que a coisa tava preta, pois estava uns 200 e 500 metros na frente de Almir e Jacque.
E a minha promessa de ganhar...
E os meus meninos na torcida...
E aguentar a gozação deles...

Então foda-se dor, sapato pesado, meia encharcada, chuva forte.
Acelerei o que pude, olhando o retrovisor a cada segundo, fiquei junto a Ricardo Galinho e Vinicius até o final  e conclui bem  na frente deles (Jacque e Almir) com 04:11:54.


Chegada triunfal
Na expectativa do que iria encontrar

Só isso????
"Faria tudo outra vez, se preciso fosse..."
Agora 30 horas após a maratona, não tive nenhuma bolha e nenhum calo.
A conclusão é que ou o meu sapato é muito bom, ou meu pé é biônico...
Ah, amanhã tem treino da Acorja de 12 kms e eu vou estar lá... de tênis...
Algumas fotos marcantes que Chris registrou:
Essa menina tem estilo

A lenda voando no final
Meu padrinho de corridas Paulo Sobral com Wellington


Mônica e Vanessa(estreia na meia maratona) com as medalhas
Confraternização dos amigos. Obs.:Jacque e Almir ainda não tinham chegado...

Pesquisa para a Dra. Núbia (Brasília)

27 comentários:

  1. Júlio,
    Parabéns! Incrível, esculhambou geral com a indústria de tênis.
    Gostaria de ter feito fotos com melhor qualidade, mas a chuva estragou os meus planos.
    Em Tabira tiro a diferença.
    Vamos comemorar o seu aniversário com chave de ouro, correndo pela paisagem da caatinga.
    Obrigado pelo seu comentário lá no meu blog.
    Abração!!!
    Gilmar

    ResponderExcluir
  2. Bom demais! Mas mesmo com um desempenho sofrido eu adorei! Espero que muitos entendam o real significado de correr assim. Descrição perfeita. Olha, tu tá no facebook (pus tua foto comigo) Domingo tem mais, e vou correr com o manto Baleias, nem que seja 5 km. Depois vou no apoio. A festa lá terá a cortesia dos Pajeuzeiros. Cheiro! Mariana

    ResponderExcluir
  3. Júlio, Parabéns por mais uma LOUCURA!! hehehehe
    Ainda tirou onda da corredora que vos fala! HAHAHA
    Morri de rir, só eu mesmo para ganhar de você! Mas, qdo. eu estiver com um condicionamente parecido com o seu, quem te desafia sou EU! hahahaha
    Sim....a foto que tem Mônica com a medalha, não sou eu que tô com ela não!! Deve ser alguma penetra!! hahahahaha
    Pena não ter visto a sua chegada, mas, meus amigos estavam famintos e partimos para muito churrasco e cerva!!
    Parabéns Malucoooo!!
    Lembre-se: qdo. eu atingir a meia idade nas provas (42km) eu desafio pelo ao menos nos primeiros 21km!! Hahahaha
    Abração foi uma linda Festa!!!

    ResponderExcluir
  4. Carai, Julho! Hahahaha

    Ri muito agora com esse desafio, muito louco! Parabéns pelas conquistas, você está destruindo mesmo!!!
    Como foi o pós corrida? Com os Five Fingers eu me acostumei, mas não corri mais de 16 km (meu máximo, até agora), mas correr de sapato social deve ser PUNK!

    Abraço,
    Mário
    http://aspiranteacorredor.blogspot.com

    (p.s.: amanhã tem treino da acorja? to devendo uma visita há tempos! hehe)

    ResponderExcluir
  5. Eita Júlio, ampliei a foto e vi que é Marinês!!!
    Que não tem nada de penetra!Rs.
    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Sensacional!!! É isso ai campeão!!!
    Sonho realizado, 03 desáfios conquistados que beleza 03 maratonas com estilo diferente, nós que fazemos a família ACORJA nos orgulamos de VOCÊ garoto, pela garra e determinação que você sempre demonstrou, creia amigo o Céu é limite.
    Aproveitamos a oportunidade para lhe deseja muita paz, saúde e sucesso - PARABÉNS por mais
    um aniversário - 29/07 - Comemoração será em Tabira no dia 07/07 - 3ª Meia Maratona, com direito a subida da Serra da Borborema.
    Largada às 07:00h.
    Trofeu para os 05 primeiros lugares(masc e fem)
    + Medalha + Camiseta)
    Saída:05/07 sexta-feira às 22:00h Parque da Jaqueira.
    Ônibus de Luxo - 50 lugares - Lotação esgotada

    Aos amigos que não vão desta vez em 2012 se Deus permitir iremos comemorar mais uma vez o aniversário do nosso Ultramaratonista Júlio Cordeiro - Com a 4ª Meia Maratona de Tabira.
    VALEU CAMPEÃO!!! VOCÊ MERECE - JUNTOS VENCEREMOS!

    Abraço
    LULA HOLANDA

    ResponderExcluir
  7. TINIL BALEIAS MANGUAÇA2 de agosto de 2011 05:46

    Grande AMIGÃO JÚLIO,

    Parabéns por mais estas vitórias. De louco você não tem nada.Correr por correr não tem graça alguma. Imaginar diferentes desafios , enfrentá-los e, principalmente, vencê-los é o que realmente vale a pena neste nosso mundo de corredores. Me divertí muito com o seu visual. Aquela gravata estava demais. Uma pena eu não ter podido participar desta festa. Fico devendo. ANO QUE VEM, QUEM SABE.

    Já não bastava eu ter o pernambucano Paulo Picanha como inspiração pelas superações, tenho agora um outro ídolo de pernambuco, pelas inovações e pelo prazer de mudar um pouco este mundo tão carrancudo que enfrentamos no dia-a-dia.

    PARABÉNS POR TUDO MAS, PRINCIPALMENTE, PELA ALEGRIA.

    Abração.Que a alegria e a descontração sejam suas marcas eternas.

    TINIL FELIZ BALEIAS MANGUAÇA.

    ResponderExcluir
  8. Eita, o relato tá massa!!
    Que bom que teus estão "zero calos e zero bolhas".
    Caiu a mística dos tênis e seus recursos.
    Em tabira vais correr de que? Lembra que aqui é trilha e estrada de chão com muita pedra... Pede o velho e bom t~enis.
    Beijos
    Mônica Cordeiro

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pela coragem e originalidade!!Pura raça Tabirense!Lindo relato,feito com alma de corredor!!Dessa vez tive que olhar as paisagens um pouquinho mais rápido,pois o rítmo daquele pelotão Acorjiano até a meia estava bonito demais!!Valeu pela força e estímulo que vc sempre dá aos corredores!!Continue com essa alegria estampada no rosto ,quando tá correndo!!Abs Paulo Sobral!!

    ResponderExcluir
  10. Cabra, Tina Turner escreveu simple the best foi para você! You're simply the best, better than all the rest Better than anyone, anyone I've ever met.

    Sensacional!! Sou seu fã. Grande abraço e parabéns pela vitória e por tanta alegria.

    ResponderExcluir
  11. Júlio querido, que show de corrida e alegria... Sou sua fã e fiquei aqui nas minas gerais imaginando o que seria sua invenção... e que maluquice hem....kkkkk Parabéns pela corrida, pela superação e inovação... Nos vemos nos proximos 42.... Tentei falar com vc no dia do seu aniversário mas Miguelito passou o nº faltando um...

    Bjks

    Meire/Baleias - BH/MG

    ResponderExcluir
  12. Julio, ri muito com seu desafio, a indústria do tênis deve estar no seu encalço agora, rsrsrsrs.
    Treinando muito e correndo com tênis talvez eu chegue no seu tempo com sapato social. Sensacional.

    ResponderExcluir
  13. JA CORRI 21 KM COM COTURNO NO EXERCITO EM TREINAMENTO MAS 42 KM AINDA NÃO TINHA CONHECIDO NINGUEM !!! PARABENS TEM EMPREGO PRA VC AQUI NO MEU ESCRITORIO DE OFFICE BOY , E O CHULÉ COMO FICOU ?

    ResponderExcluir
  14. Júlio,
    Parabens pelo feito desafiador. Só um cabra do interior de PE que tem esta força.Da próxima será que vai ter alguém de tamanco?
    Abraços,
    Afonso.

    ResponderExcluir
  15. Júlio! Mais uma vez, você faz a maratona parecer uma deliciosa brincadeira... Por isto mesmo fico querendo brincar também. Acho que em breve devo me recrutar para correr com a Acorja alguns longões, se me admitirem.
    Estas fotos de sapato social estão impagáveis! KKK
    Que Dean Karnazes o quê? Você é um orgulho para Pernambuco.
    Continue correndo e nos trazendo diversão. :-)
    Abraços!

    ResponderExcluir
  16. Dr.Júlio,sem dúvida o relato que mais me empolgou em todo esse tempo,alma,espírito,corpo de corredor...Ju Job.

    ResponderExcluir
  17. Amigo Julio, Parabéns pelo feito. Você mostrou que é um sertanejo MACHO TODO! Admiro esse seu jeito autêntico de ser, essa sua disputa saudável nos estimula a cada dia melhorarmos! Continue com as suas invenções pois só assim o velho Alemão lhe da um couro, rsrsrs! Até Tabira, se Deus quiser! Abraços

    ResponderExcluir
  18. A pesquisa da Dra. Núbia tá errada, não tem nada que ficar tirando sangue não! Tem é que examinar a cabeça desse rapaz, enfiar tomógrafo, cintilógrafo, raio-x e até abreugrafia do crânio dele! O caso é psiquiátrico!!!!

    ResponderExcluir
  19. Grande Julio, meus parabéns meu amigo, promessa feita, promessa cumprida, ficou bonito o figurino sapato e gravata. Nos vemos pelas corridas da vida meu irmão. Valeu e abraço.
    Herivelto -SP

    ResponderExcluir
  20. Olha, caniço, tu fosse o 31o. da tua faixa etária. Eu fui 3o. da minha. Vou ganhar duzentinhos e tu, nada... Olha, pra tu ganhar de mim, tu tinha que que ter um "passarinho" kkkk
    Brincadeiras a parte, você torna nossos momentos de corrida ainda mais felizes. Te adooooooro, Caniço. bjbjbjbj Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  21. Caro mago Júlio Cordeiro. Um dia vou ganhar de você, como, provavelmente, um dia o Ésio também vai ganhar de mim. Muito obrigado pela acolhida nesses dois dias de Recife. Você torna essa cidade um dos melhores lugares do mundo, senão o melhor. Sucesso em Tabira, ano que vem não faltaremos. Grande abraço. Miguel Delgado.

    ResponderExcluir
  22. Inacreditável sapato social nos 42k,mas grande feito as três Maratonas em julho,superação acima de tudo. Até cruzei contigo em Olinda,falei bora Júlio,bora júlio nem sei se lembra. Não imaginava o desafio de correr um Maratona,é fantático! Parabéns pela conquista. Abraços. Cícero carlos...

    ResponderExcluir
  23. Oi Júlio,

    Que a Nike, Ascis, Mizuno, Adidas, etc, não leiam esse teu relato....rs. Vc realmente acabou com todas as pesquisas e altos investimentos sobres os caríssimos tênis.

    Parabéns pela façanha. Vc realmente é doido!!!!

    Bjos,
    Dani
    correndoemagrecendo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Rsrrsrs...só tu mesmo Julio...
    Pense numa molecagem arretada!!! bjjjsssssssss
    Geovanna

    ResponderExcluir
  25. Kakakaka, você é demais! Como pode desafiar a indústria de tênis! Rsrsrsrs. Mas, sem brincadeira, vi algumas pessoas correrem com calçados ditos inadequados para corrida. Uma das vezes foi um rapaz vestido de caubói, com uma bota (ai, espero que eu não tenha dado outra dica kitigai para você). E outra, foi quando vi o palhaço que veio de trás fazendo "plec, plec, plec" com os seus sapatos gigantes! Rsrsrs. Mas essa dos sapatos e gravata, está o máximo! E cheguei à conclusão de que, quem corre, corre de qualquer jeito, mas com um calçado mais confortável, pode ficar um pouco mais ágil, não é? Sinto o mesmo com sapatos de salto: andaria melhor sem eles! Rsrsrs.

    ResponderExcluir
  26. A música do Raul tem que ser outra: "Maluco Beleza"
    Eu já sabia, mas guardei segredo. Tive vontade de abrir o bico, mas consegui mostrar que sou um cara de confiança.
    O Júlio me confidenciou que faria isso quando estávamos nos preparando para a Maratona de Porto Alegre: "Rapaz, vou correr de sapatos..."
    Olhar maroto, eu nunca duvidei que isso aconteceria.
    Parabéns, Júlio!

    ResponderExcluir
  27. O Joel me contou essa sua idéia em um belo almoço aqui no Rio.
    Essa história é ótima.

    ResponderExcluir